quarta-feira, julho 28, 2010

Vês as sombras...


E a cegueira nas palavras...
Lês o que dizem de nós
os que aguardamos
outro final de cena...

Crês na fonte dos desejos
eterna juventude intensa
Para além dos temores
Para lá do olhar

Apetece-me rasgar cada estrofe
dilacerar cada sílaba
procurar para além de nós
outra percepção, outro mote

Empresta-se a faca que guardas longe dos olhares inúteis
Refresca-me a face queimada de tantas batalhas
Tu, só tu podes acalmar o fim da tragédia
trazer ao palco a comédia
onde princesas troçam com reis

Vês agora...
O que as sombras trouxeram ao meu olhar
Apesar de cada sílaba fugir ao temor
da faca de tantas batalhas...



(Foto: Marta Ferreira -Olhares.aeiou.pt)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial