sexta-feira, setembro 19, 2008

Um dia de cada vez...



Há muito tempo que não punha aqui nada.
Hoje é dia de concerto.
E fica a o último texto para um concerto que vai ser bem bom.
























Dias fáceis

Há dias fáceis
E há dias sombrios.
Entre as fronteiras
Paragens são desafios.

Ganha-se nada, dar o corpo ao vazio
Escolhes a estrada, do calor ou do frio.

Se tu quiseres
Nada de pode assustar
No escuro há a luz
Que te pode amparar.

Ninguém adivinha porque ficas parado
No teu casulo.
Respira
Respira, fundo…

Tenho uma chama
Que te ilumina o escuro
Tenho o lume
Que te aquece do frio.

Descansa a face, repousa tranquilo
E não fiques cativo.
Respira
Respira, fundo…




(Foto: Hugo Alexandre Cruz - Santiago Alquimista)

6 Comentários:

Blogger Maria disse...

Vai ser bem bom!

9:51 da manhã  
Blogger K. disse...

Também gostava de ver...

2:58 da tarde  
Blogger Peter disse...

De certeza que o concerto foi bom. Diz alguma coisa.
Não gastes a tua inspiração, guarda um pouco para o "conversas"...
Abraço e bom Domingo.

12:26 da manhã  
Blogger Marta disse...

Olá, há quanto tempo...
Texto digno de ti...
Espero que o concerto tenha sido bom e continua em frente...
Beijos e abraços
Marta

4:25 da tarde  
Blogger heretico disse...

prazer em saber-te. sempre...

abraços

7:28 da tarde  
Blogger Maria disse...

Como foi o concerto visto de dentro para fora?
Do lado de fora choveram pérolas.

Maria

9:30 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial