quarta-feira, abril 16, 2008

Palavras sem dó...

... nem piedade...

cruas... nuas...

selvagem como uma gazela,

digo,

leoa ferida...

que lambe as feridas...

como tu... como eu...

(Ursula Rucker "7")

10 Comentários:

Blogger Marta disse...

Há dias em que nos sentimos....
Gostei de ouvir....
Beijos e abraços
Marta

11:42 da manhã  
Blogger as velas ardem ate ao fim disse...

sentir como uma leoa.como eu e tu.

um bjo

10:14 da manhã  
Blogger isabel mendes ferreira disse...

beijo-te.


quase como "FRIDA!".




____________________.

P.S. tua fiel leitora.

3:06 da tarde  
Blogger herético disse...

sem dó, nem piedade. como ferida aberta...

8:43 da tarde  
Blogger atp disse...

Palavras...

Belas

Enxaquecas em méda alta

Paraíso quse perfeito

4:31 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

as palavras sem dó podem magoar mas antes essas que a mentira...

6:38 da tarde  
Blogger herético disse...

abraços

11:56 da tarde  
Blogger Maria Faia disse...

Bem que eu gostaria de ser leoa para lamber as minhas feridas!

Mas não...
Como é que uma peixinha lambe as feridas?!....

abraço,
Maria Faia

5:23 da tarde  
Blogger as velas ardem ate ao fim disse...

Bfs

8:06 da tarde  
Blogger herético disse...

abraços

10:59 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial