sexta-feira, novembro 02, 2007

Saudade...

“Quem mostra' bo ess caminho longe? Quem mostra' bo ess caminho longe? (...)
Sodade sodade sodade...”
Cesária Évora
















Tinham-se encontraram-se em Paris, algures perto de Notre Dame. Ele cumpria um sonho antigo, ela aproveitava o sol de Outono para se espraiar longe do trabalho.

Conheciam-se de sempre, do tempo em que a escola era castigo. Tinham vivido lado a lado, ela de sainhas e soquetes, ele de calçonitos e sandálias, até aos primeiros prazeres da juventude, da liberdade conquistada a pulso. A amizade sempre mais que tudo, mais que desejo... mais que tudo.

Ela tinha partido cedo, para longe, para o centro do mundo, onde tudo se passava. A ternura, essa, alimentavam-na por cartas. Os casamentos, os filhos, os divórcios. E ela viajando, sempre, buscando conhecimento. E ele buscando-se nas partituras do piano, na espiral de sucessos imberbes, ficando, ficando...

Mas ali, em Paris, a solidão dela aninhou-se na alegria de sonho cumprido, dele. Percorreram a cidade, cada recanto, cada sabor, cada miragem.
E foi na miragem, de improviso, que se deleitaram se deixaram possuir pelos desejos.

Na hora da partida, a promessa de nunca se perder a ternura.
Pela janela do avião, ele procurava-a.
Imaginava-a percorrendo a cidade ainda em busca de uma paz que demorava e que tinha aprendido a esquecer. Domando a saudade e a solidão.
Deixou-se repousar enquanto pensava no regresso, inevitável.
Lá, a solidão também existia. Mas era tolerada pelo sol de todos os sorrisos que colhia nos rostos e nas palavras, que só os afectos sólidos podem oferecer.


(Foto: Rosalina Afonso)


9 Comentários:

Blogger MARTA disse...

Um porto de abrigo??
Acho que todos nós temos um local onde nos refugiamos quando nos cansamos dessa procura incessante..
Gostei muito do texto, como sempre, brilhante.
Beijos e abraços
Marta

12:27 da tarde  
Blogger _aifos_ disse...

Hummm continuas a escrever com magia... :)

Sim, brilhante!

12:48 da tarde  
Blogger herético disse...

a felicidade são "momentos felizes". passe o lugar comum...

o texto excelentemente (d)escrito.

abraços

5:09 da tarde  
Blogger Jotabê disse...

vi um filme há pouco tempo, com um enredo centrado num encontro, Paris, posses e desejos...

foi fixe, uma história que toda a gente quer viver

aquele abraço

1:19 da manhã  
Blogger as velas ardem ate ao fim disse...

Gosto tanto, tanto desta musica.

O texto excelente, reporta me a outras memorias e outras saudades.

bjinhos

6:53 da tarde  
Blogger Peter disse...

Um texto excelente!

P.S.
Não percebi o teu comentário:

"estás de mau humor, o que é natural...
fuck... como diz o nossa revelação mais recente... :))"

Não é verdade. Estou "na maior". Porque havia de estar de "mau humor"?

7:25 da tarde  
Blogger hora tardia disse...

e assim consegues trazer sobre as águas as várias saudades....de Paris e de Cabo Verde...


lugares onde costumo repousar...




outro é aqui.



sobre as tuas palavras.



beijo______________________te.

10:54 da manhã  
Blogger isabel victor disse...

Linda, esta fotografia ...

belíssima esta " viagem "

Abraço mágico

3:30 da tarde  
Blogger isabel mendes ferreira disse...

olha....ele há coisas....acabei agora mesmo de roubar tb esta...


:)


sorry.



_____________a minha amiga Isabel Victor é como eu....

:)

5:26 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial