quarta-feira, junho 20, 2007

Psicopatia

Vi a loucura pelos olhos de um poeta maldito.
Vi-a no olhar distante de um peregrino,
Senti-a no odor fétido de um mendigo
Na indiferença de um executivo.

Estive perto da demência
Quando furei a cona de uma puta.
Quando o meu pénis encapuçado
A comprou para se vazar
- E eu com ele e através dele –
Me esgotava também
E me consumia
Porque era longe
Longe
Longe
De ser eu que se comprazia
Daquele momento
Que já não queria
Que não sentia
Porque tão longe
Longe
Longe
De seu eu.

Olhei então essa loucura
No fundo da garrafa
Que já pouco ou nada tinha
E sorri-lhe
porque apesar de vazia,
Inútil
Era minha.

8 Comentários:

Blogger Tere disse...

Dassss.... profundamente fundo!!!

4:52 da tarde  
Blogger MARTA disse...

Como sempre bem escrito - depois há sempre momentos de loucuras, que são mesmo só nossos...
Gostei, Ant.
Beijos e abraços
Marta

2:34 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

Essa psicopatia não parece ser muito grave. Mais raiva solidão angústia desespero?

(desde quando fazes visitas de cortesia ao Voando???? bah!)

beijos, isso passa (ou não)

6:10 da tarde  
Blogger Cris disse...

Ant, um dos teus melhores textos, pode ser inutil, pode ser loucura, o que quer que seja, mas desde que seja NOSSO, que saia de nós, o que importa o resto?

Bom Fim de Semana!

Beijinhos
Cris

9:39 da tarde  
Blogger _aifos_ disse...

Mto forte, xiiii!

11:50 da tarde  
Blogger Cris disse...

ainda por aqui estás? um beijinho

c.

1:42 da tarde  
Blogger Jotabê disse...

Os teus melhores textos saem da parte da tarde quando o desequilíbrio emocional e o cansaço físico se manifestam em consequência desses teus chefe e chefa, que originam golfadas de inspiração pintadas nas paredes deste teu espaço.

Assim de repente parece que estás em dívida para com eles, por te acicatarem a inspiração, e assim de repentte também, para mim, parece que começo a admirar esse teus chefes.

Há quem se admire depois de um ‘ the end’

Aquele abraço de sempre

6:02 da tarde  
Blogger as velas ardem ate ao fim disse...

Fizeste me chorar..

bjinhos e se precisares estou aqui.

bjinho

10:05 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial