segunda-feira, fevereiro 05, 2007

Tretas... conversa de treta...

Pois é, passado tanto tempo deveria fazer um post cheio de profundidade, conteúdo poético e filosófico. Ou apenas um, ou apenas outro.
E há tanto assunto para falar, falar, falar...
Mas não. Fico-me pelo desabafo, pelo inconsequente marcar de presença.
Poderia escrever sobre a interrupção involuntária da gravidez, que está em todas as agendas, em todas as bocas.

Afinal, digam-me lá, se souberem: o referendo é mesmo sobre o quê?
Para evitar que as mulheres sejam presas porque, por um motivo que nem elas às vezes sabem muito bem, sentem que não devem deixar o feto nascer ou antes sobre a legalização do aborto, que é uma coisa um pouco diferente?
Digo eu...

E a eleição do melhor, do maior, do excelso português?
Fantástico não é?

Olhem... se me souberem esclarecer... é que ando um mpouco baralhado e a leste... ou isso.

Hehehehehe

(Sem foto)

8 Comentários:

Blogger Ana Luar disse...

Andas tu e ando eu...
Nem sonhas como me perturba as opiniões de algumas pessoas sobre o assunto.
O referendo é a vergonha nacional do momento. Pois esta moda dos referendos serve apenas para colocar as pessoas em desatino constante uns com os outros... e é uma forma dos governantes sairem airosamente de uma situação que não é de todo agradavel.
Quem dicide são voçês e pronto seja feita a vossa vontade... CUM raiooooooooooo, vivemos onde... Na idade da pedra?

Quanto à opinião dos moralistas do Não... pergunto: como pode alguem afirmar que um aborto é um crime pk o feto é vida a partir do 1º minuto... e depois vem dizer que podemos MATAR um embrião que está genéticamente com problemas.... Porraaaaaaaaa entendam-se pk se existe vida tanto a há numa embrião são, como num com deficiência.Quem sois vós para decidir quem deve ou não nascer, se ambos os casos são portadores de vida?

Eu sou plenamente a favor da vida... mas de uma vida com alguma qualidade... sem qualidade passa a ser tormento... e não concebo a palavra tormento como vida.

Assim votarei SIMMMMMMMMMMMMMMM para de uma vez por todas acabar com a hipócrisia dos santinhos que aprovam que os fetos deficientes sejam eliminados desumanamente... como se não fossem portadores de vida.
Hipócritas!

Na votação do Magnificente dos portugueses nem sequer merece comentário... Esta gente perde-se em coisas futeis sem razão de ser... é assim a sociedade em que vivemos. :(

Jinhos Ant........... e não percas tempo em pensar sobre o assunto... pk acredites ou não a hipócrisia estará sempre em maioria......infelizmente!

3:15 da tarde  
Blogger Ant disse...

Pois é... também me parce que ser contra a penalização não é igual a ser a favor do aborto por passatempo. Ou será?
Já estou a ver... filas e filas de gajas à porta dos hospitais com novelos de lã, a fazer camisolas, a jogar no portátil. Sei lá... talvez a bebericar umas cervejas... enquanto, tal como no shoping, os gajos esperam com ar de quem espera que a gaja saia da loja das meias ou assim...

3:31 da tarde  
Blogger Cris disse...

Confesso! eu estou completamente de candeias às avessas e totalmente baralhada! Aborto? sempre se fez. É uma questão de consciência, se é assassínio não ultrapassa a fronteira fisica do corpo dessa mulher, se não é, porque sujeitar quem quer/precisa/tem quem o fazer aos talhantes (até era bom que o fossem)??? O melhor português? Porra! Acho que sou eu! Já não bastava os concursos das Misses, mas pelo menos os homens ainda regalavam os olhos na parte do bikini e nós, com os vestidos de noite....

Beijinho
Cris

6:41 da tarde  
Blogger _aifos_ disse...

vamos ver o que por aqui se escreve, a ver se aprendemos todos um pouco. Não me vou meter em teorias, até porque hoje estou especialmente cansada.
Passei só mesmo para deixar um "oi".

bjs

9:18 da tarde  
Blogger Cris disse...

Acho que toda a gente está tão baralhada como nós.....

Francamente, o resultado de Domingo, seja SIM ou NÃO, não creio que vá mudar alguma coisa...

Enfim (suspiro)

Cris

10:01 da manhã  
Blogger herético disse...

pois é. não deixas de ter razão. como questão política que é, devia ter sido resolvida na Assembleia da Republica.

apesar detudo, votarei SIM. decididamente. abraços

12:32 da tarde  
Blogger Peter disse...

António no blogue em que participas e no qual temos o maior interesse em que continues a pertencer, a nossa colega "bluegift" criou um "espaço Referendo" que teve mais de 5 mil visitantes.
Esperava que aparecesses.

1:26 da manhã  
Blogger bluegift disse...

Ant, não sabes o quê ? ? ? ;)

Ai o caraças...

Vai votar homem, anda!

(amanhã, domingo)

Beijos ;)

11:49 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial