segunda-feira, outubro 16, 2006

Das soirées...








... que se inventam, que se desejam...

Mas no decorrer da noite descobrem-se as imperfeições por detrás da maquilhagem, da roupa de marca, da gravata, do fato alinhado.
Deseja-se a noite mas, a meio do percurso, o ruído sobrepõe-se ao essencial. O fumo dos cigarros, o álcool meio destilado, o sussurro de meias verdades, que as verdades inteiras ficam para um qualquer outro dia, uma qualquer outra noite.
Deseja-se a festa mas a meio da canção já se perdeu a noção do desejo que motivou a dança. Os pés cansados estoiraram, a vertigem toma conta da cabeça já meio tonta.











Falta o assunto, a causa passou a ser consequência e nada mais resta que abandonar o baile porque nada sobrou para dizer.


(Fotos: Ant)

16 Comentários:

Blogger Teresa Durães disse...

hum.. sou cota demais já para essas coisas. Fartei-me disso. As noites vazias e quando se chega a casa o vazio toma conta de nós.

Não obrigada! Até prefiro o meia tonta em conversa amena em casa com amigos onde as imperfeições foram descobertas há anos e nada é necessário esconder!

Bom dia para ti!

10:31 da manhã  
Blogger kikas disse...

Este tema muito teria para se falar, começando pelas idades, pelo que se busca, pelas razões etc etc.
Tenta desenrolar mais um pouco, penso que farás um post giro.

10:54 da manhã  
Blogger Choninha disse...

(...) "descobrem-se as imperfeições", ah, pois é!, a noite também pode ser uma máscara que esconde a verdade: "O fumo dos cigarros, o álcool meio destilado, o sussurro de meias verdades". Por isso vivemos de dia e de noite e a verdade é feita de luz e sombras.

1:44 da tarde  
Blogger MARTA disse...

Interessante o tema e a forma como o desenvolveste.
Às vezes, procura-se a noite para nos esquecermos quem somos na realidade.
Gostei.
Beijos e abraços
Marta

2:13 da tarde  
Blogger Senhora das Aguas disse...

Novo espaço cultural em http://senhoradasaguas.blogspot.com
Espero-vos por lá. Abraço.

2:20 da tarde  
Blogger ninfa disse...

Quem anda na noite procura algo que não encontra ou perdeu um dia...

À noite todos os gatos são pardos, por isso enganadores.
O conforto da reunião dos amigos em casa é mais saudável.

O que procuras tu na noite?
Aquilo que nunca tiveste? ou aquilo que queres ter?

4:52 da tarde  
Blogger sónia disse...

..ficar por casa, com amigos e um bom vinho..ora aí está um belo hábito que ganhei há uns anos..e q não perdi..-mas agora falta-me casa..lol...
a "noite" - essa noite - já me diz pouco e por vezes até me cansa......

5:45 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira disse...

beijos...no meio de uma dança...~~



___________________


e fica sempre tanto por dizer...quando a música acaba...

_________________!

7:39 da tarde  
Blogger Caçadora_de_sonhos disse...

Por isso ando sempre desmaquilhada.
Realmente nunca estamos satisfeitos nem temos certezas daquilo que nos apetece.

8:21 da tarde  
Blogger boleia disse...

tens que recorrer as noites caseiras... sao sempre tao agradaveis ;)

10:22 da tarde  
Blogger as velas ardem ate ao fim disse...

Se tu o dizes...
Noites vazias...não obrigada...

Bjos Ant.

10:46 da tarde  
Blogger Peter disse...

É lixada a falta de assunto ...

11:09 da tarde  
Blogger Ant disse...

Na rua ou em casa as noites podem ser ou reconfortantes ou perfeitas perdas de tempo.
De facto somos metade sombra metade luz. Resta saber o que fazer com cada pedaço em cada momento. Às vezes é fácil outras nem por isso. Depende das expectativas ou do que se pretende consumir... ou não...

12:49 da manhã  
Blogger Tere disse...

Sobrou sim... uma baita borracheira... por isso é que ficas com vertigens miminho!!! aiaiai... Beijokas

10:01 da manhã  
Blogger A disse...

Bom post...

"Falta o assunto, a causa passou a ser consequência e nada mais resta que abandonar o baile porque nada sobrou para dizer."

Felizmente já não sei o que é uma noite assim há muito tempo, pois na sua grande maioria o salto do dia para a noite não se faz sentir sobremaneira. Não na minha esfera... a mais das vezes, as boas surpresas e as grandes noites em que se ri mais do que outra coisa qualquer marcam noite após noite...

As noites de Inverno são especiais.

Beijos

10:13 da tarde  
Blogger Ana Luar disse...

Na falta de assunto parte para a acção homem.... por vezes até resulta... pk se muito boa gente abre a boca e não diz nada, muitas há que falam, sem sequer abrir a boca (risos)

5:33 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial