quinta-feira, agosto 24, 2006

Bondade...













Vi a face perfeita de um anjo numa viela esquecida e escura.
Encontrei-me no limbo bizarro entre o pecado e a candura
E ali, mesmo no centro do turbilhão de memória distante,
Enfrentei a verdadeira face da incomensurável bondade.

Ignorado o disfarce de inocência, desvirtuada e traída,
Envolvi-me com a claridade de pureza desmedida.
Por momentos, breves e fortuitos, ceguei para o mundo
Porque a bondade desceu à terra em ti, anjo hediondo.

Das fendas da sarjeta de onde te ergueste e te mostraste
Sai um fedor fétido, inexplicável, mas que me apresentaste
Como aroma próprio de perfeita e delicada essência,
Onde se banham ninfas férteis de inocência.

E nesse mundo, bizarro e absurdo de tanta intriga,
Gémeo do mundo em que me encontro e me abriga,
Encontras, dizes, outros seres que trocaram o conforto
Pela enigmática vida de imaginário absorto.


(Foto: Dream About Heaven-Marcin Klepacki)

13 Comentários:

Blogger MARTA disse...

O mundo perfeito que temos que achar?
Será que existe mesmo?
Beijos e abraços
Marta

4:07 da tarde  
Blogger Cris disse...

Anjos são por vezes demónios, e atrás de rosto de Quasimodos, está escondido um coração de ouro.

5:35 da tarde  
Anonymous nany disse...

linda amiguxa,brigadu pelo carinho,n sei o q seria de mim sem vcs,com esse apoio.Agora to de voltaaaa,aproveitando para convidar vc,para participar do destaque amigos da net é so pegar o selinho e le a regrinha ok! um big bj no core!

AVISO IMPORTANTE!!!
O Ministério da Saúde Adverte:
Ficar sem notícias suas é prejudicial a minha saúde, pois, causa:
Preocupação... infelicidade... Ansiedade... Insónia... Baixo Astral...
e o pior... ESTAS SAUDADES ENORMES DE VOCE... rss

7:03 da manhã  
Blogger kikas disse...

Anjos? não acredito....
E se ao olhares para alguem e pensares: encontrei um anjo...
Espera só mais um pouco, vais ver que rapidamente deixas de ter essa sensação.

www.riscos-rabiscos.blogspot.com

11:18 da manhã  
Blogger herético disse...

deixo um abraço. gostei de ler o teu poema.

1:42 da tarde  
Anonymous PontoNoJ disse...

Ao longo dos séculos a mulher sempre foi retratada desse modo.

Curioso que em muitas igrejas (fora das cidades) ainda há padres que dão as suas homolías desse modo.


Ai Ant! Não sei se te perdo esta...

9:27 da tarde  
Anonymous PontoNoJ disse...

*perdoo

9:28 da tarde  
Blogger vida de vidro disse...

Sabes, eu não acredito em anjos nem em demónios, hediondos ou não. Coisas minhas! :)
E ninfas inocentes, ainda há?
Pronto, bondade absoluta também me parece difícil. É assim, vivemos num mundo em que tudo é relativo.
Sem ser isso, teria lido um belo poema! :)**

11:02 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

Ninfas inocentes nunca existiram mas homens tipo Ant a deixarem mal as mulheres....

12:36 da manhã  
Blogger greentea disse...

bons dias por aqui

ainda bem que te fez bem...

voltei e postei.

um beijo ainda cheio de maresia

2:50 da tarde  
Blogger kikas disse...

Deixei uma brincadeira no meu

www.riscos-rabiscos.blogspot.com

aceita se quiseres e sorri

3:52 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira disse...

estarei onde tu sabes...perto.


sabendo que és muito mais do que alguns "pontos" são capazes de intuir.



até ....esparando que o avião não caia...:). se cair mando recado ...:)


beijo-te.

7:02 da tarde  
Blogger Heloisa B.P disse...

"Ignorado o disfarce de inocência, desvirtuada e traída,
Envolvi-me com a claridade de pureza desmedida.
Por momentos, breves e fortuitos, ceguei para o mundo
Porque a bondade desceu à terra em ti, anjo hediondo.

Das fendas da sarjeta de onde te ergueste e te mostraste
Sai um fedor fétido, inexplicável, mas que me apresentaste
Como aroma próprio de perfeita e delicada essência,
Onde se banham ninfas férteis de inocência."
******************
***********************LI O *POEMA* VARIAS VEZES E, APETECE-ME VOLTAR A LE-LO*!!!!!
Meu abraco.
Heloisa.
**************

9:52 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial