quarta-feira, julho 19, 2006

Abre a alma...













O homem que começa
a viver para sua alma
é como o homem que traz uma lanterna
para dentro de uma casa escura.

A escuridão desaparece imediatamente.

Se perseverar nisso,
a sua alma receberá essa luz.

Budha


Aprender a suprimir o inútil, abraçar o essencial como se fosse o último dia, olhar a vida com a mesma tranquilidade com que se diz amor.
O coração cresce, entrega-se, resolve-se no sublime encontro com a paz.


(Foto: Ant)

15 Comentários:

Anonymous lucia disse...

basta permanecer na luz e tudo será mais fácil.
viver apenas.

beijo

2:42 da tarde  
Blogger Vampiria disse...

"aprender a suprimir o inútil", há algum tempo que não lia nada que me arrebatasse tão fortemente o que mais precisamos TODOS, na vida! Um abraço daqueles

3:50 da tarde  
Blogger MARTA disse...

A luz é fácil de seguir - tropeça-se, mas temos que fazer o possível para não cair. Isso será o essencial.
E é ser-se humano e reconhecer as fraquezas.
Lindo! Gostei, Ant.
Obrigada
Beijos e abraços
Marta

4:09 da tarde  
Blogger Caiê disse...

Bom conselho! Preciso de uma lanterna extra forte!

4:51 da tarde  
Blogger Caçadora_de_sonhos disse...

Era bom se todos o fizessem....asim, viveriamos em plena harmonia

6:02 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

Camus dizia que viver para a alma enquanto vivo era matar a vida. A vida, enquanto um absurdo, tinha de ser vivida intensamente.

Considera, desse modo, que a busca da metafísica é um suicídio filosófico porque é só virada para o seu próprio eu ou para um Deus.

Existe a necessidade de uma vida activa perante o nada que é a vida.
Combater o absurdo.

Resta-nos a Arte e só a Arte e nunca o conceito da Arte, tal como defende Nietzche.

(e eu defendo Camus apesar de não conseguir viver os meus dias na sua totalidade: pelo amor, pelo combate contra o absurdo, pelas vivências)

9:17 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

(P.S. - Outras formas de ver o mesmo e muito farta de Buda...)

9:20 da tarde  
Blogger Amor Maior disse...

Tás a virar um filósofo muito certeiro! :) Beijo amigo

11:41 da tarde  
Blogger BÓLICE disse...

Siempre e ASTA SIEMPRE...
((((((((((((((LuZ))))))))))))))
ABRç e intÉ

1:41 da manhã  
Blogger inBluesY disse...

um dia escrevi assim: quero que gostes 1 do lado mau só depois do bom.

8:46 da manhã  
Blogger Sandra disse...

Adorei o teu texto...muito lindo!!!

beijos

12:20 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

Ant: Já estás convertido a Camus?

:P

ehehehehe

Ass: Uma Ave desencaminhadora de gente bem comportada!!!!

Para a próxima que fores bonzinho espeto aqui o Artaud lololol

3:44 da tarde  
Blogger Ana Luar disse...

Seria algo deveras importante... "aprender a suprimir o inútil",mas a realidade infelizmente não é essa.

Beijo_______TE meu querido!

6:56 da tarde  
Blogger herético disse...

assim seja!

abraços

7:39 da tarde  
Blogger VEM SONHAR COMIGO disse...

Salvé o grande Senhor do Mundo:BUDA!

11:45 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial