segunda-feira, junho 19, 2006

Em linha...

Não me fales de jogos de amor virtual.
Prefiro as gargalhadas espontâneas
Ágeis e sentidas, misturadas com as palavras que se interrompem na sedução que apenas se descontinua, não termina nunca, antes recomeça em cada brilho de olhar que nasce em cada ligação... está lá... o desejo... sim estou... sim és tu e sim sou eu... horas e horas mergulhando em teus olhos, em teu rosto, em teu cheiro que reconheço em cada sílaba...

Meu amor
Trazes-me lírios
Abraços e beijos
Na continuidade viável
Que atravessa este oceano
Em que nos deitamos
Até ao momento inevitável
Em que os astros abram as portas
De um céu que nos espera.

19 Comentários:

Blogger Amor Maior disse...

E fora do amor virtual é que realmente está toda a tua intensidade! Abraço e beijo merecidos!

12:51 da tarde  
Blogger Heloisa B.P disse...

BELO_O POEMA_!!!
Saudacoes.
Heloisa.
***********

2:23 da tarde  
Blogger Butterfly disse...

Gostei...bastante mesmo...

2:26 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

Sim, não me falem em virtual lololol

(que esta coisa só serve para usar palavras)

Amor... amor é lá fora

Discussões... lá fora

Zangas... lá fora

Bolas, debaixo da chuva, da trovoada, com ou sem vento, no café, no meio da rua com os carros a apitar, anca na cintura, aos gritos (sim, faca e alguidar se for preciso) mas LÁ FORA!!!!!!!!!

eheheheeheh

2:41 da tarde  
Blogger MARTA disse...

Encontraste o céu que te espera?
Tens toda a razão - nada melhor do que ouvir uma gargalhada ou receber um beijo.
Gostei do texto, do poema e da imagem.
Parabéns, Ant. Obrigada pela partilha.

Beijos e abraços
Marta

3:04 da tarde  
Anonymous Taliesin disse...

Olá meu amigo, primeiramente quero agradecer sua presença lá no Entre amigos e seu comentario, e depois elogiar o teu blog, pois é muito bom ver um blog romantico assim, o peomaestá ótimo.
abraços do amigo Taliesin



http://blogentreamigos.zip.net/
http://caronte.anjosoft.com.br

6:30 da tarde  
Blogger BlueShell disse...

Gosto de te ler...sempre!

Beijo AZUL e fofinho
Para quem fofinho é!
BShell
O0o00o0o0o0o0o0oo0o0
ºoºoºoºoºoºoºoºoºooºoººoº

7:50 da tarde  
Blogger Luna disse...

Nada nunca podera substituir, os toque os olhares, o que é verdadeiro
beijos

10:15 da tarde  
Blogger lazuli disse...

haverá amor virtual?

11:45 da tarde  
Anonymous Iara disse...

OLá amigo tudo bem? Vc sempre me supreende com o seu jeito eloquente de blogar. Escreve bem e de forma cativante. Obrigado pela visita. Boa terça. Beijos

1:30 da manhã  
Blogger Luiz Carlos Reis disse...

Muito lirismo foi o que encontrei em teus textos. Parabéns, aqui se escreve bem!
Abraços!

11:32 da manhã  
Blogger Legionaria disse...

Ant, este teu poema fez me lembrar os dos Toranja que adoro d epaixão... oh pah e tou a ouvi los agora... fiquei mesmo..melancolicamente sorridente... um grande beijo

12:06 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira disse...

e ainda bem.............:))))

fazer sentido é preciso.

obrigada Ant.


beij___________________O.

3:10 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

Ant!!!! Escreve quallquer coisa que morro de tédio!!!!!!!!!!

4:58 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

tic tac tic tac!!! ehehehehehhe

5:07 da tarde  
Anonymous Iara disse...

Vim agradecer a sua visitinha no Entre Amigos é muito gostoso contar com a sua companhia. Hoje, terça feira tem a Regina Bee por lá. Posso te aguardar? Beijos

5:16 da tarde  
Anonymous dem starren Forscherauge disse...

Tudo voa... até um simples sopro deste lado do atlântico...

10:52 da tarde  
Blogger winterdarkness disse...

A mim só me espera a eterna solidão... Jokas

11:20 da manhã  
Blogger VEM SONHAR COMIGO disse...

Belo!É assim que se Ama ,atavés das emoções vividas na realidade:com risos,olhares ,sorrisos...

12:42 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial