terça-feira, janeiro 17, 2006

Na Terra dos Sonhos

Andava eu sem ter onde cair vivo
Fui procurar abrigo nas frases estudadas do senhor doutor
Ai de mim não era nada daquilo que eu queria
Ninguém se compreendia e eu vi que a coisa ia de mal a pior

Na terra dos sonhos, podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal
Na terra dos sonhos toda a gente trata a gente toda por igual
Na terra dos sonhos não há pó nas entrelinhas, ninguém se pode enganar
Abre bem os olhos, escuta bem o coração, se é que queres ir para lá morar

Andava eu sózinho a tremer de frio
Fui procurar calor e ternura nos braços de uma mulher
Mas esqueci-me de lhe dar também um pouco de atenção
E a minha solidão não me largou da mão nem um minuto sequer

Na terra dos sonhos, podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal
Na terra dos sonhos toda a gente trata a gente toda por igual
Na terra dos sonhos não há pó nas entrelinhas, ninguém se pode enganar
Abre bem os olhos, escuta bem o coração, se é que queres ir para lá morar

Se queres ver o Mundo inteiro à tua altura
Tens de olhar para fora, sem esqueceres que dentro é que é o teu lugar
E se às duas por três vires que perdeste o balanço
Não penses em descanso, está ao teu alcance, tens de o reencontrar

Na terra dos sonhos, podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal
Na terra dos sonhos toda a gente trata a gente toda por igual
Na terra dos sonhos não há pó nas entrelinhas, ninguém se pode enganar
Abre bem os olhos, escuta bem o coração, se é que queres ir para lá morar

(Jorge Palma)

10 Comentários:

Blogger lazuli disse...

a terra dos sonhos...onde será a terra dos sonhos? Nma aventura do Henry Potter ou numa nave espacial da guerra das estrelas?
Ou a terra dos sonhos será a internet? Não, aqui não há sonhos.
Não sonhes aqui. Psssssttt..acorda, estou-te a avisar.
Sou eu e o Jorge Palma, ora viste?

Um beijo.

1:46 da manhã  
Blogger Ant disse...

Ah ia-te apanhando...
Pois mas havia que fazer aqui um contraponto. Gosto de musicar este blog, com nuances e ambientes que aparentemente se contradigam...

1:50 da manhã  
Blogger lazuli disse...

Talvez, mas como diz Mário Henrique Leiria, um dos meus escritores de eleição, pelo humor cáustico mas requintado:

TELEFONEMA
Telefonaram-lhe para casa e perguntaram-lhe se estava em casa.
Foi então que deu pelo facto. Realmente tinha morrido havia já dezassete dias.


Um beijo

2:37 da manhã  
Blogger lazuli disse...

Não há escolha possível. Somos definitivamente prisioneiros.Ao contrário do que dizia Sartre, não estamos condenados à liberdade, mas à prisão. Beijos

2:59 da manhã  
Blogger greentea disse...

Os sonhos, a liberdade estão dentro de nós, somos nós que temos de os procurar de a conquistar e de dá-los tb aos outros, sem deles ficarmos prisioneiros
porque o sonho comanda a vida m...

8:07 da manhã  
Blogger greentea disse...

o ultimo m saiu sem querer

8:08 da manhã  
Blogger Vampiria disse...

adoro Jorge Palma...acho que nao to tinha dito... gostei, andas literariamente profícuo, homem! Pois é... com aminha descoberta nem sei se me entristeça ou pule e grite que ja sei do que estou doente...a doença - sou eu! :(((

beijos

11:17 da manhã  
Blogger vampiria disse...

Bigada pelo comment... o teu site tb tá d+... parabéns:P

Ass: Vampiria "Porto":)

6:37 da tarde  
Blogger pomba disse...

Olá, é um grande prazer recer sua visita. Muito obrigada pelo carinho. Adorei seu blog, textos lindos. Parabens. Uma ótima tarde, beijão.

blogentreamigos.zip.net
Kelly

5:26 da tarde  
Blogger Tere disse...

A Terra dos Sonhos!!!! Era bem de vez em quando ficarmos lá mais do que uma noite...

12:43 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial