sexta-feira, dezembro 02, 2005

...Noite...Noite...

"Ouvem-se, aqui e além, cozinhas a apitar,
teatros a guincar, orquestras a roncar;
as mesas das pensões, onde o jogo seduz
enchem-se de putéfias e escroques seus cúmplices.

E os ladrões que não têm tréguas nem piedade
começam, também eles, agora o seu trabalho
e vão forçando portas, caixas suavemente,

para vestir as amantes e viver uns tempos."

(Baudelaire)

3 Comentários:

Blogger lazuli disse...

Esse não conhecia. Mas deixo-te com um verso erótico:

Divaga em meio à noite a lua preguiçosa;
Como uma bela, entre coxins e devaneios,
Que afaga com a mão discreta e vaporosa,
Antes de adormecer, o contorno dos seios.

O texto abaixo está bastante interessante.
Beijos* fernanda g.

7:40 da tarde  
Blogger lazuli disse...

Esse não conhecia. Mas deixo-te com um verso erótico:

Divaga em meio à noite a lua preguiçosa;
Como uma bela, entre coxins e devaneios,
Que afaga com a mão discreta e vaporosa,
Antes de adormecer, o contorno dos seios.

O texto abaixo está bastante interessante.
Beijos* fernanda g.

7:40 da tarde  
Blogger Ant disse...

Atenção o título é perfeitamente casual, não corresponde ao original, do qual não me lembro... sorry

12:24 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial