segunda-feira, dezembro 19, 2005

Amplificador

Neste espaço blogosférico tenho lido coisas fantásticas, tenho “encontrado” gente interessante, blogs com textos formidáveis, na sua variedade: sérios, irónicos, apaixonantes, góticos, pop, feios, cheios de conteúdo, poesia, amor, desamor, desordem, sexo, frustrados, frustrantes, enfim de tudo.
Enfim, um mundo onde se faz um pouco de análise grupal, onde se tem acesso a espelhos de vários tipos, tamanhos e reflexos.
Neste mundo, onde não há referências do corpo, do físico, fica o encanto pelas palavras escritas, imagem eventualmente distorcida do outro que nos questiona, que nos interpela, que nos apaixona.
Paixão questionável?
E a imagem? Esse elemento objectivo que nos conduz? Qual o seu peso no conhecimento do outro?
A imagem do outro que nos apaixona pelas palavras, será aquela que temos dele?
Essa paixão resistirá ao confronto com uma realidade diferente da que supomos?
A imagem é o primeiro encanto, a primeira sedução. Só depois vem a palavra, quando vem. Os odores, o toque, vêm depois.
Aqui, nestes encontros virtuais, podemos esconder-nos ou mostrar-nos, a opção é individual. E assim, já não é só o texto que se constrói. Eu próprio passo a ser uma construção, porque é essa construção epistolar que se apresenta ao outro, que me deseja ou me detesta.
Mais ou menos sedutora, mais ou menos real que a minha, também, construção física.
Afinal quais são as diferenças entre este espaço etéreo e o espaço físico que apelidamos de real, se não a possibilidade de nos tocarmos e nos olharmos?
Porque afinal, podem passar anos até que a nossa aparência não seja mais construção mas, antes, um espelho de nós, um amplificador que nos desvenda, sem medos nem pudores.

Ó valha-me Deus. Para o que me havia de dar...

4 Comentários:

Blogger Tere disse...

Profundo... bastante... bonito,mas de alguma forma perturbante...será que estes "escritores" que nos apaixonam serão apaixonantes ao vivo e a cores??? O virtual é misteriosamente aliciante...

2:29 da tarde  
Blogger Maheve disse...

Por este mundo já me apaixonei por palavras, por textos e, por conseguinte, por seus autores. A verdade é que as palavras seduzem e imaginar a pessoa por trás das palavras fica meio envolto em uma aura de encantamento. Pensamos sempre que, se essa pessoa tem todas esta sensibilidade pra escrever, com certeza deve ser uma pessoa tão sensível quanto sua escrita. Às vezes a imagem real não é a mesma da virtual, mas na maioria dos casos, encontrei por trás das letras, pessoas íntegras, dignas, honestas e merecedoras de credito tanto quando suas letras. Decepções temos a todo o momento, mas se não estamos dispostos a arriscar e a ir além do que lemos, este mundo não passará de fantasias..
O físico pra mim acaba sendo um complemento de uma personalidade que, vai se desenhando e se desnudando contato a contato, dia após dia, post após post. Assim, podemos encontrar pessoas e corações maravilhosos, eu prefiro continuar a acreditar nisso.

Lindo o teu post e carregado de verdades. Parabéns!

5:08 da tarde  
Blogger Ant disse...

É um previlégio poder ter-vos comentar-me.
Pena não saber fazer mais flores... gostava de por música em alguns posts, fotos, etc
Mas devo admitir. Sou preguiçoso para estar a aprender isso e não tenho assim tanto tempo.

BJS

Voltarei ao tema um dia destes

12:51 da manhã  
Blogger Marco_S disse...

É curioso que normalmente os Blogs que visito são de pessoas que já conheço. Umas estão longe, outras estão mais perto, mas mesmo assim longe e aproveito para acompanhar a vida das pessoas. O meu caso é portanto o contrário, eu já conheço os meus amigos, mas os Blogs servem para os acompanhar, não os perder e inevitavelmente conhecê-los melhor. Acho que há muita gente bonita para conhecer, mas prefiro conhecer melhor os que já tenho do que aventurar-me a novas desilusões.
Deixa-me no entanto dizer-te que apesar de tudo gostei muito do teu texto e não o desminto. E sobre as aparências havia tanto a dizer...

3:42 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial