terça-feira, novembro 08, 2005

Memórias

Constatei que há memórias que se apagam.... click. Desaparecem.
Afectos que se desvanecem, como se não tivessem nunca existido. Foram apagados da minha existência e apenas se mantêm nos confins do inconsciente.
E nem sempre são más recordações.
São momentos que deveriam estar disponíveis para consulta e que, por um qualquer motivo, passaram ao espaço do impossível ou do indesejável. Mesmo se desejáveis, mesmo se recordáveis.
A traição das memórias desejáveis que se escondem na gaveta do “impossível recordar”.

4 Comentários:

Blogger prozacna disse...

Where can I find more information? -----------------------------------------------------------------------------flonase-price prescription

1:08 da manhã  
Blogger Tere disse...

O que se passou aki???????

9:19 da manhã  
Blogger Ant disse...

Ó Tere tens razão. Isto é o que dá andar com a cabeça na Lua.
Vou actualizar o post que escrevi e que troquei com este, nem sei como... :(

11:53 da manhã  
Blogger Ant disse...

prozacna,podes voltar sempre.A informação vai surgindo à medida que vai fazendo sentido

12:15 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial