terça-feira, novembro 29, 2005

Bailarina

Vem dançar
Sob as núvens
E a luz suave da lua.
Porque a noite perdoa a quem se despe.
Porque a noite ama mais a quem não mente.

O teu sonho
Está loge de ser louco.
Só pecas se dançares pouco.

Vem dançar.
Vem dançar,
Bailarina.
Quem serás
Senão dançares a vida?

Vem dançar
Nas ruas da cidade.
Não esqueças ceder
Ao corpo essa vontade.
Que a noite é o sonho que te promete,
Todos os desejos de quem sente.

Loucura é ficar no vazio.
É pecado estar quente
E ficar no frio.

2 Comentários:

Blogger Tere disse...

Pois olha eu estou fria e o tempo não parece akecer...não vou dançar porque a vontade permanece letárgica... Bjokas

10:20 da manhã  
Blogger Maheve disse...

Dançar e exorcizar a preguiça, o frio e as dores da vida. Adoro dançar, está no sangue brasileiríssimo!!

Abraçosss

2:15 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial